É muita vingança!

É praxe deste blog, pelo menos para mim, ter algum texto acompanhando a imagem. Na verdade desta vez eu queria fazer apenas um desenho, e sem sentido. Esse desenho, para quem não percebeu, é uma representação dos “Avengers” (ou “os Vingadores”), da Marvel. Eu particularmente não assisti ao novo filme. Mas gosto de filmes de super-heróis, daqueles em que se pode resumir em poucos passos:

  • Tudo está bem.
  • O mal é maquinado sem que ninguém saiba.
  • O mal domina sobre o bem.
  • O bem junta força de vontade, e derrota o mal.
  • Créditos sobem.
  • Trailer de 15 segundos fala sobre o próximo filme. (no caso da Marvel).
Dentre as coisas que gosto nesses filmes estão os efeitos especiais, mas prefiro que a história me agrade. Eu sei que o clichê é implícito em toda superprodução como esta, porque Hollywood não pode arriscar perder dinheiro colocando temperos diferentes. Eu gostei do filme do IronMan, principalmente por causa da indiferença do personagem, e o fato de ele não esconder sua identidade. E gosto do modo como a Marvel produz seus filmes, sempre deixando margem para o próximo, criando a expectativa certa em seus consumidores para seu próximo produto. Nada mal para quem esteve à beira da falência, e teve de vender parte de seus heróis à Fox (os x-Men), que agora pode fazer os filmes dos mutantes, desde que não passe 5 ou 10 anos dar sequência ao filme.
Para evitar o clichê num possível “Avengers II”, eu sugiro que os heróis abram seu próprio circo. Eles já estão vestidos para a ocasião pelo menos. Esses caras simplesmente tem de ser bem coloridos para chamarem a atenção do inimigo, não é?! Parece que nesse quesito, só o Batman é esperto, e esse tal de Hawkeye que tem no filme, com o arco e a flecha (totalmente desconhecido para mim), também não é nada mal. Batman, além de ser discreto, se camuflando nas sombras da noite, tornou-se uma das melhores sequências de filmes de herói da atualidade, ao meu ver. Todos os outros filmes da DC, por outro lado, são patéticos.
Eu acho o Thor patético também. É o personagem mais fora de contexto que existe nos Vingadores. Todos os personagens tem uma explicação científica para existir, mas Thor simplesmente existe, ele é um deus. UM DEUS!!! Teoricamente ele poderia dizimar a raça humana inteira, mas ele é bom e não faria isso. Ele quer proteger a Terra. Então todos os outros heróis são desnecessários! É como o Superman na Liga da Justiça. Ele tem todos os poderes: velocidade, inteligência, visão de raio-X, ignorância da gravidade. Então inimigos tão poderosos quanto eles devem aparecer para balancear o time numa batalha monstruosa que enfraquece os dois lados. Mas suponho que esse desbalanceamento será restaurado pelo esforço dos mais fracos em curar o mais forte. E aí estaria explicada a equipe com um monte de heróís coadjuvantes em poder.
Estão todos falando sobre o filme, então eu preciso assisti-lo!
Se alguém quiser recomendá-lo (ou me fazer desistir de vê-lo), comente aqui!
Abrazzz,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*
Website

Solve : *
15 − 11 =